Ocorreu um erro neste gadget

Translation

Aos Leitores

OBRIGADO

спасибо - Rússia
Merci - França
Thank you - Canadá e EUA
Gracias - Espanha
Obrigado - Brasil e Portugal
Tak - Dinamarca
Dank - Alemanha
Dankzij - Holanda
Díky - República Tcheca
Hvala - Croácia

IMAGENS

SUZANO (1915) Suzano PINACOTECA Pinacoteca MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA museu-da-lingua-portuguesa ESTAÇÃO DA LUZ estacao-da-luz-em-sp MUSEU DO IPIRANGA o_jardim_do_museu_do_ipiranga PLANETÁRIO Planetario Ibirapuera PLANETAS planetas - planetas MAPA DO BRASIL Mapa do Brasil MAPA MUNDI Mapa Mundi

Ser ou Não Ser

texto enviado pelo Prof. Gilson de filosofia

Ser ou Não Ser: como a filosofia faz parte da nossa vida

A filósofa Viviane Mosé mostra na série Ser ou Não Ser como a filosofia faz parte do nosso dia-a-dia. No primeiro programa, a perplexidade de Carlos, um retirante nordestino ao chegar em São Paulo.

Assista o video no link abaixo:

Projeto Curta na Escola

matéria enviada pelo Professor Gilson de Filosofia

O que é o projeto Curta na Escola?

A idéia de incentivar o uso de filmes de curta metragem brasileiros como material de apoio pedagógico em salas de aula já existia desde o início do projeto Porta Curtas Petrobras, em agosto de 2002.
Em março de 2006, através da ativação do módulo Curta na Escola, passamos a oferecer indicações de uso pedagógico para boa parte do acervo de centenas de filmes cuja exibição na íntegra é disponibilizada através do site. 

Pedagogos especializados passaram a contribuir com sugestões - pareceres pedagógicos sobre como utilizar cada filme indicado na abordagem de variadas disciplinas e temas transversais, em todos os níveis de ensino. 

A adesão imediata de um grande número de professores, baixando os pareceres e elogiando o serviço, motivou o desenvolvimento do Projeto Curta Na Escola, que reúne neste website um conjunto de ferramentas interativas integralmente dedicadas a promover o uso dos curtas-metragens brasileiros na educação.

Aqui, professores cadastrados compartilham suas vivências em torno da utilização dos curtas em sala de aula através de comentários aos filmes, discussões no fórum e, principalmente, do envio de relatos de suas experiências com a exibição de filmes aos alunos. Tais relatos integram um grande banco de experiências educacionais, permanentemente aberto para consultas por todos.


O projeto é aberto a professores do todo o brasil, e tem por objetivo constituir uma Comunidade Nacional de Aprendizagem em torno da construção colaborativa de conteúdos relacionados ao uso dos curtas-metragens brasileiros em escolas de todo o país.


Proposta Pedagógica 

O curta-metragem brasileiro apresenta diferenciais educacionais importantes, quando comparado a outros conteúdos:

Este tipo de conteúdo, por ser produzido no Brasil e por realizadores brasileiros, representa nossa sociedade e a nossa cultura;

A qualidade da produção brasileira de filmes neste formato é reconhecida em todo o mundo por sua excelência;

Sua curta duração, geralmente próxima de 15 minutos, faz com que os conteúdos sejam ideais para utilização em sala de aula, permitindo que os filmes sejam utilizados como “porta de entrada” de um assunto, fonte adicional de informação, pretexto para debater um tema ou para “coroar” o final de um projeto.

O potencial do uso do audiovisual na educação, em geral, não é novidade, mas as formas de sua implementação prática vêm evoluindo bastante, indicando caminhos mais elaborados para se lograr sucesso.

"Trabalhar com recursos visuais nas diversas áreas do conhecimento tornou-se uma imposição dos tempos atuais. As possibilidades de uso do cinema na escola são inúmeras, já que ocorrem muitas conexões com Literatura, História, Artes e Temas Transversais. Não é novidade que podemos falar das possibilidades de uso de filmes em qualquer contexto educacional. (...) mas apresentar um filme como forma de ilustrar um conteúdo de forma tradicional pode se mostrar tão ineficaz quanto a adoção de alguns livros didáticos. (...) Essa é uma questão urgente que exige criatividade, ousadia, experimentação, o que, normalmente nos deixa inseguros. Como todas as ações em Educação, um trabalho de troca e reflexão entre educadores promove a ampliação das possibilidades didáticas de uso das obras."
 Eliane Cândida Pereira 
Formadora de educadores na rede de ensino de S. Bernardo do Campo, SP


Por isso a criação de um serviço de Internet destinado à construção colaborativa de conteúdos pedagógicos em torno do uso das obras com potencial de uso pedagógico é fundamental:

"Mas, afinal, qual a diferença entre criar redes e fazer sites na internet?
Construir comunidades virtuais e mantê-las ativas, dinâmicas e vivas não é trivial. É um desafio muito mais complexo do que fazer sites bonitos ou cheios de conteúdo. A diferença está no uso de tecnologias que ajudam as pessoas a se comunicar para produzir conhecimento cooperativamente."

Gilson Schwartz
Idealizador da Cidade do Conhecimento, USP

Com essa intenção, nasceu o projeto Curta na Escola e seu desdobramento, a Coleção Curta na Escola, promovendo a interação, o debate, o registro e a construção contínua e colaborativa de conhecimento sobre a utilização dos curtas-metragens brasileiros na educação.

Pensando sobre a Intertextualidade: nenhum texto é novo?


Diálogos entre: "Amor pra recomeçar" de Frejat e o poema "Desejo" de Vitor Hugo ou "Os votos" de Sérgio Jockymann



Tente observar as semelhanças entre a música cantada por Frejat e o poema abaixo. Em seguida, confira a letra da música na íntegra e confirme sua leitura.


DESEJO - versão atribuída a Victor Hugo ou
OS VOTOS - atribuída a Sérgio Jockymann 
Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim,
Mas se for, saiba ser sem desesperar.
Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconseqüentes,
Sejam corajosos e fiéis,
E que pelo menos num deles
Você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim,
Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro.
Desejo depois que você seja útil,
Mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
Quando não restar mais nada,
Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.
Desejo ainda que você seja tolerante,
Não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
Mas com os que erram muito e irremediavelmente,
E que fazendo bom uso dessa tolerância,
Você sirva de exemplo aos outros.
Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais,
E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer
E que sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e
É preciso deixar que eles escorram por entre nós.
Desejo por sinal que você seja triste,
Não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra
Que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.
Desejo que você descubra ,
Com o máximo de urgência,
Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,
Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.
Desejo ainda que você afague um gato,
Alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque, assim, você se sentirá bem por nada.
Desejo também que você plante uma semente,
Por mais minúscula que seja,
E acompanhe o seu crescimento,
Para que você saiba de quantas
Muitas vidas é feita uma árvore.
Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele
Na sua frente e diga “Isso é meu”,
Só para que fique bem claro quem é o dono de quem.
Desejo também que nenhum de seus afetos morra,
Por ele e por você,
Mas que se morrer, você possa chorar
Sem se lamentar e sofrer sem se culpar.
Desejo por fim que você sendo homem,
Tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher,
Tenha um bom homem
E que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a lhe desejar.
Fonte: Folha da Tarde – Porto Alegre – 30 de Dezembro de 1978 (extraído do jornal escaneado presente no Blog de Emílio Pacheco) In: http://muneo.wordpress.com
Amor pra Recomeçar – Frejat
Composição: Frejat/Mauricio Barros/Mauro Sta. Cecília
Eu te desejo não parar tão cedo
pois toda idade tem prazer e medo
e com os que erram feio e bastante
que você consiga ser tolerante
Quando você ficar triste
que seja por um dia e não o ano inteiro
e que você descubra que rir é bom
mas que rir de tudo é desespero
Desejo que você tenha a quem amar
e quando estiver bem cansado
ainda exista amor pra recomeçar,
pra recomeçar
Eu te desejo muitos amigos
mas que em um você possa confiar
e que tenha até inimigos
pra você não deixar de duvidar
Quando você ficar triste
que seja por um dia e não o ano inteiro
e que você descubra que rir é bom
mas que rir de tudo é desespero
Desejo que você tenha a quem amar…
Desejo que você ganhe dinheiro
pois é preciso viver também
e que você diga a ele pelo menos uma vez
quem é mesmo o dono de quem
Desejo que você tenha a quem amar…

A Minha Alma - O Rappa

Conteúdo para 8ªs séries. 2ª situação de Aprendizagem - Argumentação
pagina: 11 vol. 1


A Minha Alma (A Paz que Eu Não Quero Ter)
O Rappa




A minha alma tá armada e apontada
Para cara do sossego!
Pois paz sem voz, paz sem voz
Não é paz, é medo!

Às vezes eu falo com a vida,
Às vezes é ela quem diz:
"Qual a paz que eu não quero conservar,
Prá tentar ser feliz?"

As grades do condomínio
São prá trazer proteção
Mas também trazem a dúvida
Se é você que tá nessa prisão

Me abrace e me dê um beijo,
Faça um filho comigo!
Mas não me deixe sentar na poltrona
No dia de domingo, domingo!

Procurando novas drogas de aluguel
Neste vídeo coagido...
É pela paz que eu não quero seguir admitindo

É pela paz que eu não quero seguir
É pela paz que eu não quero seguir
É pela paz que eu não quero seguir admitindo



Antes de responder as questões do seu caderno reflita um pouco:
  • O que o autor quer dizer com "paz sem voz não é paz, é medo"?
  • O que você entende com a 3ª estrofe da música?
  • Por que ele pede para não deixá-lo sentando na poltrona no dia de domingo? Por que não uma segunda ou terça?
  • Que "drogas de aluguel" são essas?



O Mundo - Ney Matogrosso & Pedro Luís e a Parede


O mundo é pequeno pra caramba
Tem alemão, italiano, italiana
O mundo, filé à milanesa
tem coreano, japonês, japonesa

O mundo é uma salada russa
tem nego da Pérsia, tem nego da Prússia
O mundo é uma esfiha de carne
tem nego do Zâmbia, tem nego do Zaire

O mundo é azul lá de cima
O mundo é vermelho na China
O mundo tá muito gripado
Açúcar é doce, o sal é salgado

O mundo - caquinho de vidro -
tá cego do olho, tá surdo do ouvido
O mundo tá muito doente
O homem que mata, o homem que mente

Por que você me trata mal se eu te trato bem?
Por que você me faz o mal se eu só te faço bem?

Todos somos filhos de Deus
Só não falamos as mesma língua

ProUni terá lista de espera

ProUni terá lista de espera

25/02/2011
Quem se inscreveu, mas não foi pré-selecionados ou os que foram pré-selecionados para cursos em que não tenha sido formada uma turma estarão na lista de espera. A relação ficará a disposição das IES a partir do dia 21 de março


A edição deste ano do ProUni (Programa Universidade para Todos) terá uma lista de espera para preenchimento de vagas remanescentes em Instituição de Ensino Superior (IES). A novidade foi divulgada na última quinta-feira, 24 de fevereiro, no Diário Oficial da União.

Então fique atento, porque aqueles que se inscreveram, mas não foram pré-selecionados ou os que foram pré-selecionados para cursos em que não tenha sido formada uma turma (no período letivo inicial na segunda etapa do processo seletivo do ProUni referente ao primeiro semestre de 2011) estarão na lista de espera.

A relação ficará a disposição das IES a partir do dia 21 de março por meio do Sistema do ProUni (SisProUni). A ordem de classificação será feita com base na nota obtida no ProUni e a lista será única para cada curso e turno da instituição. Os estudantes serão classificados com base na primeira opção feita. Mas se para essa escolha não tiver sido formada uma turma, será considerada a segunda ou terceira opção.

Do dia 21 ao dia 25, as IES que tiverem bolsas disponíveis convocarão os estudantes para comprovação dos dados apresentados na ficha de inscrição do ProUni com base na ordem de classificação da lista de espera. Os alunos devem checar com as IES o local e horário para a realização da verificação. Os coordenadores do ProUni de cada uma das instituições terão prazo de 21 a 31 de março para emitir os termos de concessão da bolsa ou termo de reprovação do candidato.

Fonte: Universia

CURSO LIVRE de atualização, aprimoramento, qualificação profissional e pessoal

CURSOS LIVRE  - 40 horas

O NEGRO NO BRASIL PÓS-ABOLIÇÃO
NOVOS OLHARES NA HISTÓRIA


"O OLHAR DO OUTRO" –
O NEGRO NO BRASIL PÓS-ABOLIÇÃO 
40 horas


Inscrições Abertas
Início em 14 de Fevereiro

Plano especial Gpec para
 Rede Pública e Estudantes - Consulte-nos!

EMENTA
Este curso visa discutir questões relevantes da condição do homem negro pós-abolição no Brasil, enfatizando a historiografia sobre o período em torno de temáticas diversas, tais como o “nascimento” da Nação, as formas de trabalho, a condição da mulher negra e as relações de poder e propriedade.

DESCRIÇÃO
Curso de História que estrutura, estuda, pesquisa e domina as diferentes concepções metodológicas que referenciam a construção do conhecimento histórico e sua difusão em atividades didático-pedagógicas, possibilitando atuar como laboratório para a reflexão crítica, experimentando e propondo formas alternativas de ensino e aprendizagem.

OBJETIVOS
 Numa perspectiva de construção e desenvolvimento da consciência étnico racial, o curso pretende criar reflexões e debates coletivos sobre os temas gerais que norteiam o programa, intercalados pela realização de fóruns como forma de aprofundar o entendimento entre os participantes.

PÚBLICO
Graduados e Graduandos em História ou em outras áreas das ciências humanas;  pesquisadores, pedagogos, psicopedagogosprofessores,educadores, coordenadores  pedagógicos, diretores de escolas, estudantes  de história, pedagogia e licenciaturas,  estagiários na área de educação e todos  os interessados  em conhecer a história do negro Brasil.

RESUMO DE CADA MÓDULO

Módulo I
Módulo II

Contexto Histórico da Abolição da Escravidão.
Passagem para o trabalho livre.


• História: Racismo, Cotidiano e Poder.
Lei de branqueamento, Etnocentrismo.
Consolidação da República.
Chegada dos Imigrantes italianos no Brasil.

 História dos Movimentos Sociais.
 Relações de Gênero.
 Superando o Racismo.
 História: Sociedade, Cultura e Imaginário.
 Vídeos de Apoio.
Módulo III
Módulo IV
 História: Tendências da Demografia Brasileira.
História da criação das favelas.
Espaço Urbano: História da Cidade e suas Representações.


Espaço Geográfico. Discussão sobre
o homem negro e seu espaço Vital
Pós-Abolição e suas Representações.

 “Olhar do Outro”  Onde estão os
negros na era Contemporânea.

Condição da Mulher Negra no
Brasil.

Módulo V
• Dissertação sobre o conteúdo e reflexão do Curso
O Dia da Consciência Negra - Debate



* Todos os inscritos receberão uma apostila com os conteúdos no final do curso *

CARGA HORÁRIA E HORÁRIO DO CURSO
A carga horária estimada para esse curso é de 40 horas/aula, divididas entre estudos e interação online e pesquisas off-line.
O horário de estudos é estabelecido pelo próprio participante,  de acordo com sua disponibilidade, possuindo um prazo mínimo de quatro semanas para conclusão.

FORMATO DO CURSO
Os cursos online oferecidos pela GPEC possuem o seguinte formato:
1.     Vivências sensibilizadoras para a temática do curso

2.     Os conteúdos serão distribuídos em lições contendo textos-base, fóruns de discussão, exercícios,  vídeos de sensibilização para leitura e reflexão e apresentações de slides com áudio.

3.     Será estimulada a interação com outros participantes e com o corpo docente  em fóruns e salas de bate-papo (chats). No fórum de discussão acontecerão debates sobre as questões
escolhidas pela ministrante e pertinentes a um determinado tema

4.     O esclarecimentos de dúvidas será realizado através de contato direto com o corpo docente através da própria página do curso. Será oferecido o apoio de um  supervisor do curso como facilitador da integração dos alunos e apoio técnico para questões relacionadas à navegação no ambiente de aprendizagem

5.     Avaliação (teórica e participação-interação com o grupo)

REQUISITOS NECESSÁRIOS
Computador com acesso a internet. É necessário ao inscrito saber navegar pela internet,  fazer download de arquivos e enviar e-mail. Temos também um fórum de discussão e um chat dentro do curso onde estas ferramentas serão muito utilizadas.

Os inscritos receberão por e-mail o Manual do Aluno , contendo todas as informações necessárias para a realização do curso.Além disso, disponibilizamos um suporte técnico para auxiliar os inscritos na navegação.

AVALIAÇÃO E CERTIFICAÇÃO
O curso possui uma série de atividades avaliativas propostas tais  como:
1.     Realização de atividades interativas de acompanhamento;
2.     Reflexão das leituras complementares indicadas;
3.     Atividades de avaliação da unidade didática;
4.     Participação nas listas e no fórum de discussão (A avaliação dessa  participação  será feita em função do conteúdo e da relevância das mensagens).

 O resultado das avaliações será expresso em porcentagem, em escala de 0 a 100%. Os alunos que conquistarem 75% das metas do curso, obterão a certificação.

Todas as atividades  serão realizadas on-line.
Após conquistar 75% das metas do curso, o participante poderá emitir automaticamente seu certificado digital, registrado internamente pela GPEC e enviado por e-mail. O participante poderá imprimir seu certificado na sua própria impressora. Neste certificado constará: nome do curso, nome do participante, carga horária, assinatura digitalizada do(a) professor(a) do curso, dados da empresa GPEC (CNPJ, endereço), e o código de registro do certificado.

VALOR
Este curso possui um investimento total de R$ 70,00 ( Setenta  Reais)

 FORMAS DE INSCRIÇÃO E PAGAMENTO

Temos três opções de inscrição e pagamento:

1- Parcelado no cartão de crédito (Cartão VISA - MASTER, Dinners, Hipercard, Aura e American Express)

2- À vista através de pagamento on-line ou Boleto Bancário 
O pagamento é realizado através do PagSeguro, que aceita cartões de crédito, débito automático em conta ou boleto bancário. Esse tipo de  pagamento é totalmente seguro,  garantido pela UOL.

Para se inscrever, acesse nosso sitewww.gpeconline.com.br e localize o curso em nossa página.

Você encontrará um banner do Pag Seguro. Clique no banner :
Pagar com Pag Seguro . Abrirá uma janela de formulário.
Após digitar o Cep, clique em ok, pois automaticamente aparecerá o seu endereço e as opções de pagamento para realizar a sua inscrição.

A sua inscrição será efetivada  e após a confirmação  de seu pagamento você receberá por e-mail as instruções necessárias para acessar a plataforma de ensino deste curso.

Os seus dados serão mantidos em sigilo absoluto e não ficarão à disposição da nossa empresa, apenas da PagSeguro.
O pagamento realizado pelo PagSeguro é rápido, simples e super-seguro.
Assim que efetuar o pagamento você receberá o comprovante da ordem de serviço por e-mail.

3 - Envio por e-mail de Boleto Bancário da Caixa Econômica com seus dados para  pagamento em até 2 vezes sem juros.

(para esta opção, você deverá enviar por e-mail: Nome completo,  Endereço completo, CEP e CPF).

Este boleto permite efetuar o pagamento em qualquer agência bancária  e em casas lotéricas. Não há necessidade de enviar qualquer tipo de comprovante, pois nosso sistema identifica automaticamente a operação.

Maiores informações pelo  e-mailgpec@gpeconline.com.br  ou inscrição@gpeconline.com.br

Atenciosamente
Equipe GPEC

Um equívoco poético? Maikóvski ou Eduardo Alves da Costa?

NO CAMINHO, COM MAIAKÓVSKI


(...)

Na primeira noite eles se aproximam
e roubam uma flor
do nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem:
pisam as flores,
matam nosso cão,
e não dizemos nada.
Até que um dia,
o mais frágil deles
entra sozinho e nossa casa,
rouba-nos a luz e,
conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E já não podemos dizer nada.

(...)

Olho ao redor
e o que vejo
e acabo por repetir
são mentiras.
Mal sabe a criança dizer mãe
e a propaganda lhe destrói a consciência.
A mim, quase me arrastam
pela gola do paletó
à porta do templo
e me pedem que aguarde
até que a Democracia
se digne aparecer no balcão.
Mas eu sei,
porque não estou amedrontado
a ponto de cegar, que ela tem uma espada
a lhe espetar as costelas
e o riso que nos mostra
é uma tênue cortina
lançada sobre os arsenais.

Vamos ao campo
e não os vemos ao nosso lado,
no plantio.
Mas no tempo da colheita
lá estão
e acabam por nos roubar
até o último grão de trigo.
Dizem-nos que de nós emana o poder
mas sempre o temos contra nós.
Dizem-nos que é preciso
defender nossos lares,
mas se nos rebelamos contra a opressão
é sobre nós que marcham os soldados.

E por temor eu me calo.
Por temor, aceito a condição
de falso democrata
e rotulo meus gestos
com a palavra liberdade,
procurando, num sorriso,
esconder minha dor
diante de meus superiores.
Mas dentro de mim,
com a potência de um milhão de vozes,
o coração grita - MENTIRA!

EDUARDO ALVES DA COSTA
Niterói, RJ, 1936

Fonte:http://www.umacoisaeoutra.com.br/literatura/falsos.htm

Pensadores da Educação

Tão antigo quanto a Filosofia, o pensamento educacional se desdobra em várias correntes. 

De Aristóteles a  Paulo Freire...

Clique no link abaixo e em seguida nas imagens para conhecer séculos de reflexões sobre o ofício de educar



http://educarparacrescer.abril.com.br/pensadores-da-educacao/

FORÇA - Nelly Furtado

Nelly Furtado é uma cantora Canadense, apaixonada pela língua Portuguesa e tem como ídolo musical o cantor brasileiro Caetano Veloso com quem já teve o prazer de conhecer e cantar juntos.

Força
é uma musica lançanda em 2004 e traz o seu refrão cantado em português.

legenda em português


Tradução correta em 1:15 = "Você mostra a sua face, dá à tapa, grita e reza"


legenda em inglês



as-well = também
overcome = consquistar, superar
come on = venha, vamos, ah fala sério,
well = bem
as = enquanto
as long as = desde que
over = por cima de
come = vir
come on over = vir, venha (de longe)
over and over = de novo e de novo
become = tornar-se

Pensamento do Dia

" Milagres acontecem quando a gente vai à luta"
(Poeta Sérgio Vaz)


"Viver é como andar de bicicleta: É preciso estar em constante movimento para manter o equilíbrio"

(Albert Einsten)


Seguidores