Ocorreu um erro neste gadget

Translation

Aos Leitores

OBRIGADO

спасибо - Rússia
Merci - França
Thank you - Canadá e EUA
Gracias - Espanha
Obrigado - Brasil e Portugal
Tak - Dinamarca
Dank - Alemanha
Dankzij - Holanda
Díky - República Tcheca
Hvala - Croácia

IMAGENS

SUZANO (1915) Suzano PINACOTECA Pinacoteca MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA museu-da-lingua-portuguesa ESTAÇÃO DA LUZ estacao-da-luz-em-sp MUSEU DO IPIRANGA o_jardim_do_museu_do_ipiranga PLANETÁRIO Planetario Ibirapuera PLANETAS planetas - planetas MAPA DO BRASIL Mapa do Brasil MAPA MUNDI Mapa Mundi

GUIA - REFORMA ORTOGRÁFICA

Eis aqui a reforma ortográfica assinado pelos países Portugal, Brasil, Angola, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e Timor Leste.

clique na imagem para fazer download

































BRASIL









PORTUGAL








MOÇAMBIQUE








ANGOLA









CABO VERDE








GUINÉ-BISSAU







SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

SER ALUNO

Por Paloma Stefanie, 1º D - 2010

Ser aluno é maravilhoso. É ter certeza que meus dias não serão em vão, pois sei que sempre aprenderei algo novo. É ter muita vontade de conhecer algo novo, por mais insignificante que possa parecer e agarrar a todo novo aprendizado de olhos e braços abertos. É ter uma visão ampla do mundo, das coisas, das pessoas. É se sentir completo na incompletude da vida.

Hoje, estou no melhor momento de minha vida, mesmo sabendo que quero seer uma eterna aprendiz. Nesses quinze anos de vida, muitas coisas já se passaram por minha cabeça, muitas opiniões já mudaram, muitas ideias já se foram e voltaram e uma dela é a certeza de que quero dividir tudo o estou aprendendo e que ainda aprenderei com outros. Quero viver aprendendo e ensinando, quero ser educadora, acho que mais de mim do que dos outros, mas este é o caminho que hoje guia meus passos estudantis.

Quando se tem um objetivo, um porto, um lugar para se chegar, ser aluno se torna algo inexplicável. Ser aluno é fazer de cada momento, por mais banal que possa parecer, se tornar inesquecível.

Ser aluno, no meu ponto de vista de aprendiz, é algo bem maior que as 88 constelações. É assunto inexplicável para qualquer disciplina, qualquer área, e não há fórmula que possa traduzir esse sentimento, esse estado de ser. Talvez para a matemática, um problema; para a química, uma reação; para a filosofia, uma poema. Mas  para mim, ser aluno, talvez seja mesmo a vida, que em seu movimento, nos torna, a todos, iguais: aprendizes por natureza.

O conhecimento é a única coisa que levamos pela vida toda. É algo só nosso que ninguém e nada podem nos tirar. Penso que ser aluno seja a garantia de um futuro melhor e de um presente pleno: com alegrias e tristezas, quedas e superações. Ser aluno, é simplesmente ser e receber luz, a luz, a estrela, a guia dos passos de quem está ainda aprendendo a conhecer e a construir nos próprios passos, o caminho a seguir.

______________________________________________


Read the text in English

To be a Pupil
by Paloma Stafanie, 15 years-old. 2010
translation by Samir Souza 
  
To be a pupil is wonderful. It's the sure my days are not going to be in vain because I will always learn new something. To be a pupil makes me to want to know something is new even it seems too small, makes me to want to hold my learning with eyes and arms wide up. To have an wide view of the world, things and people surround me. To feel myself completed in incompleteness life.

Today, I have my prerogative, even I know I am a learner forever. In my whole 15 years many things have gone throught out of my head, my opnions have changed, my ideias have already gone and come back and one of them is the sure I want to share everything I learn. I want to live learning and teaching, I want to be a educator - I guess to teach mainly myself than the others - but this the way, today, leads my studying spets.

When you have a goal, a port, a place to go, to be pupil becomes inexplicable thing. To be a pupil is to make each moment, even banal it can seem, unfforgetable.

To be a student, in my view, is something is much larger than 88 constellations. It is a inexplicable theme for any discipline and there is not formula can translate this feeling, this state of being. Perhaps for Mathematic a problem, for Chemestry a reaction, for Philosophy a poem. For me, to be a student is the life in its moving, makes us equal: learner by nature.

The knowlegde is the only one thing we take with us for all our lives. It is something is really ours and nobody is able taking it from us. I think being a pupil is the garantee of a better future and a good present: with joys and sadness, ups and down. To be a student is simply to be and receive light, the light, the star, the guide for my footsteps to learn to take my own footsteps, the way ahead.

NOSSA INTIMIDADE 2





Apresentação dos alunos da escola circense do grupo Orça para o Dia da Crianças.
Material concedido pela professora Enilda

2010 - NOSSA INTIMIDADE



































Pelego ou Insolente?

Se você ainda não conhece essas palavras, dá uma lidinha no informativo publicado pela Revista do Brasil de Novembro de 2010.


 Se o senador eleito por São Paulo, Aloysio Nunes Ferreira (PSDB), tivesse concedido a breve entrevista solicitada pelo repórter João Peres, da Rede Brasil Atual, teria evitado reações raivosas desnecessárias via imprensa e internet. O senador recusou-se de maneira grosseira a falar com Peres momentos antes do debate entre os presidenciáveis na TV Record. O Repórter queixou-se da educação do senador e este explicou que não falaria com "pelego". "Pelego e filho da p...". O senador negou que tenha usado o palavrão. Mas em entrevistas, reforçou o "pelego" e depois acrescentou o adjetivo "insolente". Noves fora o que definem os dicionários, o sentindo usual dos adjetivos os repele. Ou o sujeito é "pelego", aquele que em meio à luta sindical facilita a vida do patrão e o protege, ou o sujeito é "insolente", o atrevido, desaforado, desdenhoso, inconveniente. Pelego e insolente não dá. Aqui a palavra de João Peres: http://bit.ly/nota_jão_peres. E aqui, a do senador eleito: http://bit.ly/aloysio_responde



FONTE: REVISTA DO BRASIL - Na Rede - paginas 06 e 07. nº53 Novembro/2010.

FILME -O INFERNO DE SÃO JUDAS (on line)

Título Original: A Song For A Raggy Boy - 2003

Franklin é um professor laico e foi enviado ao reformatório São Judas, no ano de 1939, por ser contra os membros da igreja. Sozinho entre os "irmãos" Franklin luta pela dignidade dos meninos que sofriam abusos físicos e verbais. Esse "afrontamento" dá-lhe um inimigo, o "irmão" John que é encarregado pela disciplina dos alunos criando regras sem nexo e punindo severamente (espancamentos) quem desrespeitar qualquer uma delas.
"irmão" Mac (pedófilo) abusa sexualmente dos meninos que sofrem constantes ameaças e mesmo algums padres e seus superiores terem conhecimento dos fatos preferem fingir que nada acontece.
Baseado em uma história real, professor Franklin luta para conquistar a amizade e confiança dos seus alunos.

Assista o filme aqui - on line - e emocione-se!

Pensamento do Dia

" Milagres acontecem quando a gente vai à luta"
(Poeta Sérgio Vaz)


"Viver é como andar de bicicleta: É preciso estar em constante movimento para manter o equilíbrio"

(Albert Einsten)


Seguidores